quarta-feira, 23 de agosto de 2017

SANTO DO DIA: Santa Rosa de Lima, primeira santa da América do Sul

Santa Rosa de Lima cresceu na união com Cristo, na oração, na penitência e na caridade para com todos

Para todos nós, hoje é dia de grande alegria, pois podemos celebrar a memória da primeira santa da América do Sul, Padroeira do Peru, das Ilhas Filipinas e de toda a América Latina. Santa Rosa nasceu em Lima (Peru) em 1586; filha de pais espanhóis, chamava-se Isabel Flores, até ser apelidada de Rosa por uma empregada índia que a admirava, dizendo-lhe: “Você é bonita como uma rosa!”.
Rosa bem sabia dos elogios que a envaideciam, por isso buscava ser cada vez mais penitente e obedecer em tudo aos pais, desta forma, crescia na humildade e na intimidade com o amado Jesus. Quando o pai perdeu toda a fortuna, Rosa não se perturbou ao ter que trabalhar de doméstica, pois tinha esta certeza: “Se os homens soubessem o que é viver em graça, não se assustariam com nenhum sofrimento e padeceriam de bom grado qualquer pena, porque a graça é fruto da paciência”.
A mudança oficial do nome de Isabel para Rosa ocorreu quando ela tomou o hábito da Ordem Terceira Dominicana, da mesma família de sua santa e modelo de devoção: Santa Catarina de Sena e, a partir desta consagração, passou a chamar-se Rosa de Santa Maria. Devido à ausência de convento no local em que vivia, Santa Rosa de Lima renunciou às inúmeras propostas de casamento e de vida fácil: “O prazer e a felicidade de que o mundo pode me oferecer são simplesmente uma sombra em comparação ao que sinto”.
Começou a viver a vida religiosa no fundo do quintal dos pais e, assim, na oração, penitência, caridade para com todos, principalmente índios e negros, Santa Rosa de Lima cresceu na união com Cristo, tanto quanto no sofrimento, por isso, tempos antes de morrer, aos 31 anos (1617), exclamou: “Senhor, fazei-me sofrer, contanto que aumenteis meu amor para convosco”.
Foi canonizada a 12 de abril de 1671 pelo Papa Clemente X.
Santa Rosa de Lima, rogai por nós!
 Fonte: https://santo.cancaonova.com/santo/santa-rosa-de-lima-primeira-santa-da-america-do-sul/

sábado, 23 de julho de 2016

Devotos celebram festa de Santa Maria Madalena, em Teixeira


Inseridos no contexto do ano Santo Extraordinário da Misericórdia a Paróquia Santa Maria Madalena, em Teixeira celebrou de 12 a 22 de julho a festa de sua padroeira, tendo culminância nesta sexta-feira (22), com missa solene celebrada às 10h com a presença do bispo diocesano, Dom Eraldo e com encerramento e procissão com a presidência do padre Pedro Custódio e a grande participação do rebanho desta comunidade.

Novenas, quermesses e muita devoção marcaram a festa 2016 que refletiu o tema: “Maria Madalena, Apóstola da Misericórdia”. No dia 12, a imagem peregrina da padroeira foi acolhida no posto Pedra do galo, seguindo em carreata pelas principais ruas da cidade sendo feita o hasteamento da bandeira sinal que ficou durante 9 dias externando a festividade. Dentro da matriz de 12 à 21 foram celebradas as novenas que aconteceram sempre com a presença de grande número de fiéis.

Uma das inovações na festa deste ano foi à inserção da missa solene às 10h, experiência esta que contou com a participação de Dom Eraldo, bispo diocesano, sendo este exortador nas ações que devemos tomar seguindo o exemplo da excelsa padroeira que viu e anunciou o Senhor Ressuscitado. Em sua homilia, Dom Eraldo destacou a presença de Maria Madalena nos evangelhos e exortou-a como apóstola dos apóstolos, conforme declarou o Papa Francisco.

Seguindo tradição a missa e a procissão foi realizada à tarde com forte participação e comunhão de fé. O Padre Pedro Custódio, pároco desta comunidade frisou a importância de uma igreja missionária seguindo o exemplo da apóstola da misericórdia, Maria Madalena. Ao final da missa foi realizada a grande e festiva procissão pelos principais setores, e, após quatros anos sem sair do nincho, a imagem maior e histórica alegrou a todos os devotos que vibrantemente e piedosamente anunciaram o kerigma pascal.

A festa deixa um saldo positivo, conforme disse o padre Pedro Custódio, que aproveitou para pedir uma contínua festa nas comunidades rurais e setores da cidade, sendo esta agora a festa do anuncio da boa nova do Reino de Deus. Após a procissão foi feito o descerramento da bandeira e a queima de fogos.






















 PASCOM PAROQUIAL

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Segunda noite de novena da festa de Santa Maria Madalena


Com a presença de inúmeros fiéis na Igreja Matriz, a segunda noite de novena da Padroeira de Teixeira, Santa Maria Madalena que traz como tema este ano, “Santa Maria Madalena, apostola da Misericórdia.”
Às 18h30 houve concentração na Igreja Matriz da Apostola dos apóstolos para a reza do terço e em seguida com os setores missionários da cidade e pastoral do dízimo foi celebrada a Novena.
A segunda noite do novenário acolheu, como pregador, o Pe. Cícero, pároco da Paróquia São Sebastião em Brejinho-PE.

A programação segue até o dia 22, quando os teixeirenses vivem a memória da testemunha fiel e primeira da ressurreição.

Ouça as palavras do pregador da 2ª noite- Pe. Cícero



Mais fotos em nossa página no PÁGINA NO FACEBOOK

PASCOM PAROQUIAL


quarta-feira, 13 de julho de 2016

Católicos vivenciam a 1ª noite de novenário da festa de Santa Maria Madalena. OUÇA!

                             

Nesta Quarta Feira (13), os fiéis católicos da paróquia de Teixeira participaram da primeira noite de novena alusivos à padroeira, Santa Maria Madalena.



A primeira celebração foi presidida pelo padre Pedro Custódio, com a participação do Pe. Claúdio que foi o pregador da noite.

Na homília, o padre Claúdio frisou a personalidade de Maria Madalena sendo ela a discípula fiel do Senhor e anunciadora da ressurreição.

Ao final da celebração que teve como noitário os membros da renovação carismática e os comerciantes foi entoado com fervor o hino da padroeira.

A festa continua até o dia 22 de julho com grande participação do povo e de filhos ausentes que retornam a nossa cidade para participarem dos festejos a padroeira.

Os festejos 2016, tem como tema condutor: “Santa Maria Madalena: Apóstola da Misericórdia”, refletindo sobre o ano da misericórdia e enaltecendo a figura de Maria Madalena.

A quermesse da festa sucedeu a celebração, sendo este local de encontro das famílias após a parte religiosa.








Ouça as palavras dos seminaristas participantes da 1ª noite

Carreata e Missa marcam abertura da festa de Santa Maria Madalena, em Teixeira

 
Os festejos em comemoração a Santa Maria Madalena, padroeira de Teixeira, foram abertos oficialmente na noite desta terça-feira (12), com uma grande carreata que percorreu as principais ruas da cidade, chamando a atenção dos fiéis católicos que devem cumprir a vasta programação religiosa que segue até o dia 22 de julho, quando os  teixeirenses vivem feriado municipal em respeito a data religiosa.
A carreata organizada pela Paróquia atraiu centenas de veículos que seguiram de forma festiva pelas ruas da cidade, atraindo milhares de pessoas por onde passava e anunciando que os festejos da santa padroeira estavam oficialmente abertos.
Após percorrer o trajeto traçado pela coordenação do evento os fiéis se aglomeraram em frente à Igreja de Santa Maria Madalena, no centro, onde foi hasteada no alto da matriz a bandeira da protetora teixeirense. Após o hasteamento foi celebrada uma missa tendo como presidente o Padre Pedro Custódio.

Todos os dias a partir da abertura da festa haverá novenas celebradas pelo pároco da cidade e com participação de diversos presbiteros diocesanos.
                                       
   
Fonte: Pastoral da Comunicação

terça-feira, 12 de julho de 2016

Paróquia de Teixeira inicia hoje novenário da festa da padroeira


A Paróquia de Santa Maria Madalena, cuja igreja matriz é localizada no centro da cidade, celebra a partir de hoje (12) sua padroeira, Santa Maria Madalena. A programação completa da festa foi divulgada pela coordenação da Paróquia, sob responsabilidade do padre Pedro Custódio.

Ao todo serão 9 dias de celebração, tendo a festa seu dia maior na sexta-feira (22), quando a Igreja, e especialmente a Paróquia, recordam a festa da padroeira de Teixeira.

A programação inicia as 18h de hoje, com concentração dos carros e motos na pedra do galo, de onde será feita uma carreata acolhendo na cidade a imagem peregrina da padroeira que retorna das comunidades rurais.


O padre convida todos os fiéis devotos de Santa Maria Madalena para se fazerem presentes. Logo após a carreata será hasteada na torre da matriz a bandeira e celebrada a missa.

PASCOM Teixeira

sábado, 9 de julho de 2016

Jovens teixeirenses realizam espiritualidade sobre a Misericórdia


A Misericórdia, este foi o tema escolhido pelos jovens da paróquia de Santa Maria Madalena, em Teixeira para nortear a espiritualidade que aconteceu na noite desta sexta-feira, 8 na Igreja Matriz.

Diferentes expressões jovens participarão do momento de reflexão que contou em primeiro momento com uma encenação sobre o evangelho do Pai da Misericórdia, onde mostra o filho que conhece caminhos errôneos, porém retorna aos braços do Pai.

O ano Santo Extraordinário da Misericórdia e o documento do Papa Francisco “Misercordiae vultus” foi a munição usada pelo seminarista Júnior Rodrigues que conduziu a espiritualidade juntos aos membros da Pastoral da Juventude e do EJC.

Outro destaque do evento foi a encenação do evangelho da adultera que recebe o perdão do Senhor.

Durante palavra o seminarista, Junior destacou as obras de misericórdia espirituais e corporais e pediu a plena realização de tais.

PASCOM TEIXEIRA